Dicas práticas para limpar sua piscina.

Dicas práticas para limpar sua piscina.

Estamos sentindo falta de algo mais prático no nosso blog… Este mês falamos sobre a filtração das piscinas, falamos também sobre nossos principais aliados na limpeza da piscina, mas, sinceramente, queremos falar um pouco de algo mais prático! Pensamos na possibilidade de construir uma lista de dicas práticas para limpar sua piscina. Vamos enumerar algumas sacadas com as quais a tarefa de limpar sua piscina poderá ficar bem mais amena.

Vamos lá?

Dicas para limpar sua piscina

  • Mantenha a filtração da piscina ligada por pelo menos 6 horas por dia – geralmente é o tempo mínimo necessário para filtrar toda a água da piscina;
  • Prefira automatizar o “liga e desliga” do filtro – isso dinamiza o trabalho e divide a filtração ao longo do dia;
  • Utilize produtos “premium” – apesar de um pouco mais caros, tem uma concentração maior;
  • Não utilize produtos químicos depois de passado seu prazo de validade;
  • Para não levantar muita sujeira colocando o aspirador na piscina para aspirá-la, experimente deixá-lo na piscina já conectado à mangueira e ao bocal de aspiração desde a adição do decantador;
  • Também para evitar que a sujeira decantada suba e se dissolva na água novamente, experimente amarrar pequenos frascos fechados na mangueira de aspiração – isso garante que ela flutuará impedindo que a mesma toque o fundo da piscina com a sujeira decantada;
  • Não deixe de limpar sua capa térmica / capa de proteção – isso evita o acúmulo de sujeiras ali, que é um dos fatores que prejudicam a limpeza da piscina;
  • Não abuse do aquecimento da piscina – temperaturas muito altas favorecem o desenvolvimento de algas e bactérias além de poder ser prejudicial à saúde;
  • Não deixe de acompanhar os níveis da alcalinidade – você já sabe que é ela quem mantém o pH da piscina estável;
  • Não deixe de acompanhar a acidez da água, ou pH – ele influencia fortemente a eficácia do cloro utilizado;
  • Não deixe a piscina ficar nem um segundo sequer com cloro livre abaixo de 1,5 ppm – a cada segundo que passa os microrganismos se multiplicam sem piedade da beleza da piscina nem tampouco da saúde dos banhistas;
  • Procure não deixar a piscina filtrando por muito tempo sem fazer uma retrolavagem – este processo renova a performance do filtro e faz com que ele volte a reter as impurezas suspensas na água;
  • Dê mais atenção à piscina nos períodos de maior utilização – é válido medir o nível de cloro e pH antes e depois da utilização da piscina para evitar que ela fique muito tempo sem proteção;
  • Troque a areia do filtro anualmente – isso garante o bom funcionamento do filtro e permite a retenção máxima das impurezas;
  • Troque a capa da piscina pelo menos a cada dois anos – caso o estado de conservação da capa esteja muito ruim, ela se torna um criadouro de algas e bactérias que certamente contribuirão para deixar sua piscina turva mais rapidamente;
  • Se possível, automatize, além da filtração, a cloração da piscina – atualmente existem dosadores de cloro que dissolvem lentamente o cloro na sua piscina.
  • Se não quiser um dosador de cloro, pense na possibilidade de utilizar os cloradores flutuantes, comumente chamados de “margaridas”.

limpeza de piscinas

Dicas práticas para limpeza da piscina
Espero que estas dicas possam ajudar você na hora de cuidar de sua piscina! 
Qualquer dúvida que ficar, entre em contato conosco! Estamos sempre prontos para lhe ajudar no que for preciso!

Trabalhamos com limpeza de piscinas em Belo Horizonte/MG desde 1997 e estamos sempre à sua disposição!.

PREENCHA O FORMULÁRIO
Receba nossas dicas gratuitamente em seu email








raia1 piscinas