Nosso guia sobre o pH da piscina

Nosso guia sobre o pH da piscina

Uma das dúvidas mais básicas de quem está tendo os primeiros contatos com o tratamento da sua piscina é acerca do controle e do nível ideal para o pH da piscina. Já falamos sobre o este parâmetro algumas vezes mas, para quem não sabe, é importante pois determina a acidez da água. É um parâmetro essencial na limpeza da piscina pois ele determina se o cloro funciona ou não, determina quanto tempo o cloro dura na piscina, determina inclusive se as pessoas que nadam sentirão irritação nos olhos dentre outras coisas.

Para quem entende do assunto pode parecer uma série de questões bobas mas recebemos quase que diariamente essas perguntas: “Como eu faço para medir o pH da piscina?”, “Quando eu devo medir o pH da piscina?"

Depois de responder, ainda surgem algumas dúvidas um pouco menos triviais como: “O que eu faço se o pH estiver alto?”, “O que eu faço se o pH estiver muito baixo?”. Sempre respondemos com o maior prazer e nos colocamos à disposição para fazer a limpeza da piscina caso ela seja em Belo Horizonte.

Dentro de algum tempo, percebemos que alguns ainda voltam a falar com a gente com algumas perguntas um pouco mais avançadas: “Por que o pH da piscina não pára de descer?”, “Como faço para estabilizar o pH da piscina?”... Enfim, são muitas dúvidas acerca do pH e por isso hoje vamos fazer um pequeno manual de instruções do pH.
O que é o pH da piscina?

Antes de mais nada, vamos falar para quem está completamente perdido... O pH da piscina é, como dissemos anteriormente, o parâmetro químico que determina a acidez de uma substância. No nosso caso, trabalhando com tratamento de piscinas, o pH é a medida da acidez da água da piscina.

nosso guia sobre ph da piscinaComo eu faço para medir o pH da piscina?
Para medir o pH da piscina você pode usar uma Fita Testes. Ela mostra, normalmente, o valor do pH, o valor da alcalinidade e a quantidade de cloro livre na água. Você pode usar também um Kit Testes que normalmente mostra o Cloro Total de um lado e o valor do pH do outro lado. É possível também trabalhar com equipamentos eletrônicos que medem o pH inclusive com maior precisão. São os chamados “Peagâmetros”. Dificilmente são necessários já que é possível trabalhar com a precisão das fitas e também dos estojos de testes.

Quando eu devo medir o pH da piscina?
O pH da água deve ser acompanhado de perto especialmente se você está começando a lidar com a limpeza da sua piscina agora. Quando se obtém alguma experiência, é possível medir semanalmente e está ótimo. Entretanto, quando você não entende bem a dinâmica da piscina, é importante medir o pH diariamente para aprender como a água reage aos produtos químicos bem como às variações do tempo e aos fenômenos naturais como os ventos, o sol e a chuva.

O que eu faço se o pH estiver muito baixo?
Se o pH da sua piscina estiver muito baixo, ou seja, abaixo de 7,2, é necessário elevá-lo. Como? Adicionando um produto chamado Barrilha Leve, basicamente composto por Carbonato de Sódio, também chamado de Elevador de pH.

O que eu faço se o pH estiver muito alto?
Se o pH da sua piscina estiver alto demais, ou seja, acima de 7,6, é necessário reduzi-lo. Adivinhe como: com diminuidor de pH. Não use Sulfato de Alumínio para reduzir o pH! O Sulfato de Alumínio é um decantador e não tem como função a redução do pH da água, (apesar de fazer com que isso ocorra inevitavelmente).

Por que o pH da piscina não pára de descer?
Esta é uma questão recorrente e devemos deixar a resposta bem clara: o pH da piscina tende a descer por uma série de fatores mas não é comum que o ajuste se faça necessário toda semana! Se o pH da piscina está descendo demais, ou seja, se toda semana parece necessário elevar o pH, é hora de dar uma olhada num outro parâmetro químico chamado Alcalinidade. A alcalinidade baixa contribui para que o pH da piscina não pare no patamar ideal.

Qual o patamar ideal para o pH da piscina?
Esta é a pergunta central do texto! O nível ideal para o pH da piscina é entre 7,2 e 7,6 ppm. Por ser uma escala logarítmica, é importante manter este valor sempre entre 7,2 e 7,6 ppm, nunca um pouco a mais ou um pouco a menos.

Como estabilizar o pH da piscina?
A estabilização do pH é feita com a elevação da alcalinidade até 100 PPM. Quando atinge este valor, ela contribui para que o pH não sofra grandes variações bem como para a cristalinidade da água.

O pH da água
O pH demanda cuidado e atenção. Não é atoa que temos sempre à mão os produtos necessários para elevar e reduzir o pH da piscina de nossos clientes. Como já dissemos, cuidar de uma piscina, apesar de não ser nenhum “bicho de sete cabeças”, é uma tarefa que demanda tempo e dedicação.

Por isso sempre recomendamos: deixe a limpeza da sua piscina com quem entende e se preocupe com outras coisas com as quais você deve estar mais familiarizado!

Deixe sua piscina com a Raia 1 Piscinas. Limpamos piscinas em Belo Horizonte desde 1997 e estamos sempre prontos para receber seu contato! Conte com a gente!

Se ficou alguma dúvida ou se quiser nos dar alguma sugestão, fale com a gente!

Telefone: (31) 3421-7619
WhatsApp:  (31) 9.9791-1564
email.: contato@raia1piscinas.com.br.

Se preferir, passe aqui na Rua Popular, Nº 10 - Bairro São Cristóvão em Belo Horizonte, Minas Gerais. Estamos à disposição de segunda à sexta, de 8 às 18 horas.

Se preferir, teremos o maior prazer em atendê-lo!

Trabalhamos com limpeza de piscinas e também fabricamos telas de proteçãocapas de proteção e Capa Térmica. Conte sempre com a Raia 1 Piscinas! Fazemos limpeza de piscinas residenciais, piscinas de condomínios, piscinas de clubes, academias, piscinas coletivas e de todos os tipos. 

Conte com a gente sempre que precisar!

REENCHA O FORMULÁRIO raia1 piscinas
Receba nossas dicas gratuitamente em seu email