Os primeiros passos com o filtro da piscina

Os primeiros passos com o filtro da piscina

Há algum tempo falamos sobre a instalação da casa de máquinas da piscina, um trabalho que, como frisamos, precisa ser feito por profissionais experientes para evitar problemas futuros. Hoje nosso objetivo é falar sobre os primeiros dias de vida do filtro. Como manusear o filtro logo depois da instalação? O que é preciso observar para evitar danos ao filtro nos seus primeiros momentos de funcionamento?

Estas e outras perguntas a gente pretende responder neste texto mas, como sempre, se permanecer alguma dúvida ao final do texto, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco, ok?

Vamos ao que interessa: o uso do filtro recém instalado.

Dicas para usar o filtro novo da piscina
A primeira coisa que acreditamos que você precisa fazer é conhecer bem o elemento filtrante utilizado no filtro da sua piscina. Antes de mais nada é importante saber se ele será preenchido com areia especial para filtros ou com Zeólita. A Zeólita é um material que possui uma capacidade excelente para reter sólidos suspensos na água da piscina. Além de ser um elemento filtrante super eficiente, ele também contribui passivamente para a redução dos efeitos das cloraminas na água. (Se não sabe do que se trata, dê uma lida no nosso texto onde falamos sobre o cloro combinado) A Zeólita absorve continuamente o nitrogênio presente na água e o resultado final é excelente.

Se seu filtro será preenchido com areia é importante ficar ainda mais atento! Não é qualquer areia que se coloca nos filtros de piscinas. O correto é utilizar uma areia especial, sem matéria orgânica, sem argila, sem carbonatos e sem cloretos. Geralmente é composta do que chamamos de quartzo puro e possui seus grãos de um tamanho específico e padronizado. Esta granulometria é importante pois, se não for observada o filtro perde performance de maneira visível.

Depois que você souber qual elemento filtrante vai usar, é hora de inseri-lo no filtro. A quantidade correta de areia ou zeólita é informada pelo fabricante do filtro e normalmente vem indicada na parte externa do próprio filtro.

Passo a passo para colocar o elemento filtrante no interior do filtro
O primeiro passo é retirar o cabeçote do filtro. Alguns filtros vem com uma ferramenta que auxilia a colocação da areia e normalmente ela é usada neste momento, logo depois de retirarmos a válvula do filtro. Esta ferramenta facilita pois impede que caia areia no interior do tubo distribuidor do filtro.

O segundo passo é colocar o elemento filtrante de fato. A ideia aqui é ir derramando com calma, devagar e sempre observando a quantidade recomendada pelo fabricante do filtro. Fazendo a primeira retrolavagem do filtro. Se você acompanha nossas postagens já sabe da importância da retrolavagem para a performance da filtração. A primeira retrolavagem segue um procedimento diferenciado e deve ser feita logo depois de colocar o elemento filtrante no bojo do filtro.

O primeiro passo é, com o disjuntor da motobomba desligado, colocar a alavanca do filtro na posição “RETROLAVAR”. Em seguida, abrir o registro do ralo de fundo. O próximo passo é fechar o registro do retorno para a piscina e abrir o registro do esgoto. Em seguida, basta ligar a motobomba e desligar somente quando a água que estiver passando pelo visor do esgoto parecer absolutamente limpa e transparente. Alguns filtros possuem a posição “ENXAGUAR” ou “PRÉ-FILTRAR” que deve ser usada no final deste passo-a-passo.

os primeiros passos com o filtro da piscinaAs próximas retrolavagens do filtro

A retrolavagem do filtro deve ser feita sempre que a pressão interna dele estiver chegando num determinado valor, que varia de acordo com a instalação hidráulica da piscina e da casa de máquinas. Para saber exatamente quando retrolavar o filtro, recomendamos colocar o filtro na posição filtrar e marcar o valor com a pressão que o manômetro mostra. Assim, quando perceber uma variação maior que 0,6 kgf/cm², é hora de retrolavar. Independente deste procedimento, que certamente será periódico, recomendamos fazer uma retrolavagem sempre que a piscina passar por uma aspiração.

Quando aspirar ao esgoto não é necessário mas se for feita a filtração do fundo, a retrolavagem contribui para o bom funcionamento do filtro ao longo dos dias subsequentes. Por via de regra, essa retrolavagem é feita pelo menos uma vez por semana em piscinas residenciais e todos os dias em piscinas coletivas, já que o volume de sujeira nestas piscinas costuma ser bem maior.

Depois da primeira retrolavagem
Assim que fizer a primeira retrolavagem do filtro ele já deve estar pronto para ser usado. O interessante é ter com quem contar quando o assunto for a manutenção da casa de máquinas e é aqui que nossa equipe entra. Trabalhamos com piscinas desde 1997 e estamos à disposição para tirar suas dúvidas e fazer todo este procedimento para você.

Se permaneceu alguma dúvida com relação às primeiras horas do filtro da piscina, fale conosco!

Telefone: (31) 3421-7619
WhatsApp:  (31) 9.9791-1564
email.: contato@raia1piscinas.com.br.

Se preferir, passe aqui na Rua Popular, Nº 10 - Bairro São Cristóvão em Belo Horizonte, Minas Gerais. Estamos à disposição de segunda à sexta, de 8 às 18 horas.

Se preferir, teremos o maior prazer em atendê-lo!

Trabalhamos com limpeza de piscinas e também fabricamos telas de proteçãocapas de proteção e Capa Térmica. Conte sempre com a Raia 1 Piscinas! Fazemos limpeza de piscinas residenciais, piscinas de condomínios, piscinas de clubes, academias, piscinas coletivas e de todos os tipos. 

Conte com a gente sempre que precisar!

Instalação elétrica e hidráulica
Instalação elétrica e hidráulica do conjunto filtrante. A instalação dos equipamentos necessários para o funcionamento de uma piscina é uma
Read more.
piscina verde
Água da piscina verde
Evitar que a piscina fique verde não é uma tarefa fácil. Nos fóruns de discussão sobre piscina e também nas
Read more.


skimmer limpeza de piscina

REENCHA O FORMULÁRIO raia1 piscinas
Receba nossas dicas gratuitamente em seu email

Atendimento Via Whatsapp - Clique Aqui!