Dicas para manter o cloro na piscina

Dicas para manter o cloro na piscina

Como muitos de vocês devem saber, a presença e a manutenção do cloro na piscina é fator determinante para a qualidade do resultado final da limpeza de uma piscina.

Seja numa piscina olímpica, seja numa piscina de plástico, o cloro tem papel fundamental na qualidade da água e sua disponibilidade para uso. Entretanto, muitas pessoas escrevem pra gente falando que colocam cloro duas vezes por semana, três vezes por semana ou até mesmo todo dia (!) e ainda assim a piscina fica com a água opaca, ou verde…

O problema nesses casos é que, mesmo colocando o cloro na piscina, ele está se perdendo de alguma forma! Para o dono da piscina, em geral, o cloro está desaparecendo de maneira misteriosa! Mas para nós, que temos experiência com limpeza de piscinas sabemos que não é bem por aí…

Para colocar uma luz sobre este problema do cloro que “desaparece da piscina” e facilitar a vida de quem cuida da própria piscina, resolvemos reunir num mesmo texto, várias dicas para manter o cloro na piscina por mais tempo! Ao final do texto você terá condições de identificar e eliminar vários fatores prejudiciais para a permanência do cloro na piscina. Vamos lá?

Dicas para manter o cloro na piscina
cloro da piscina

Para que o cloro faça seu trabalho na piscina mantendo-a desinfetada e pronta para o uso por um tempo prolongado, é interessante observar uma série de fatores! São vários elementos que podem consumir o cloro da piscina em questão de minutos e deixá-la desprotegida para que as algas e outros micro-organismos tomem conta…

Então as dicas aqui na verdade, serão para identificar e eliminar os fatores que contribuem para o consumo excessivo do cloro e aumentando consequentemente seu tempo de ação e eficiência na piscina. A primeira dica para manter o cloro por mais tempo na piscina é a escolha do tipo de cloro ideal para você. Escolher o cloro para a piscina não é tarefa fácil, entretanto, é consenso que, independente da marca do cloro, ele deve ser estabilizado!

Isso porque os cloros estabilizados são menos voláteis quando submetidos à ação dos raios solares. Se você optar por um cloro que não é estabilizado, e o utiliza ao meio dia, com sol a pino, muito provavelmente ao final do dia você não terá mais residual de cloro nenhum na piscina. Por isso escolher um cloro estabilizado é um bom ponto de partida para quem quer prolongar o tempo de permanência do cloro na piscina.

Como medir o pH da piscinaUma segunda dica para que o cloro haja por mais tempo na piscina é manter seu pH sempre muito bem regulado. É uma dica básica mas muitos não entendem exatamente o porquê disto! A medida do pH, conforme já falamos em nosso texto sobre pH da piscina, é o que determina a acidez da água.

Colocando o cloro num pH muito ácido (abaixo de 7) ou demasiadamente básico (acima de 7,8), você não tem o cloro agindo com seu potencial máximo pois, nestes níveis de acidez (ou basicidade), ele só libera na água uma pequena parte de seus sub-produtos desinfetantes. Uma terceira orientação que sempre damos para quem quer manter a cloração da piscina em ordem é a retirada constante de sujeiras da piscina.

Seja do pré-filtro da motobomba, seja da superfície da piscina, as folhas de árvores são grandes vilãs do cloro quando ignoradas! Durante todo o tempo que uma folha, assim como qualquer outra sujeira, permanece em contato com a água da piscina, existe cloro sendo consumido para oxidar os componentes deste corpo estranho à piscina.

escovação da piscinaSendo assim, quanto mais mecanismos tivermos para evitar que entre qualquer tipo de sujeira na piscina, mais tempo o cloro vai durar.

Tudo que consome o cloro deve ser afastado da piscina na medida do possível, ou seja, folhas de árvore, óleo bronzeador, bordas e rejuntes sujos, roupas impróprias para banho (que soltam fios), suor excessivo, água da chuva e etc., tudo isso deve ser evitado! Como?

Ora! As folhas podem ser catadas com a peneira cata-folhas, o óleo bronzeador e o suor podem ser removidos com uma ducha antes de entrar na piscina, bordas e rejuntes podem ser esfregados com uma bucha macia, as roupas podem ser trocadas por sungas e biquinis, a piscina pode ser coberta para evitar a água da chuva e assim por diante…

Assim como mencionamos anteriormente, são muitos os fatores que a gente pode citar como fatores que prejudicam a ação do cloro na piscina, entretanto, tendo estes em mente você já maximiza bastante o tempo e a eficiência da ação do cloro.

Agora que você já conhece estas maneiras de manter o cloro na piscina por mais tempo, certamente poderá identificar aí em sua piscina o motivo da redução rápida do nível de cloro. Basta tomar as atitudes em prol da correta manutenção do cloro na piscina e ver a melhora trazida pela cloração constante da água.

 

PH da piscina
Medir e corrigir o pH da piscina, por quê?
Medir e corrigir o pH da piscina, por quê? Medir e corrigir o pH da piscina, por quê? Já falamos
Read more.
piscina na chuva
A piscina na chuva
A piscina na chuva “A chuva provoca aumento de algas na piscina, que prejudicam a água e a saúde dos
Read more.

 

FALE CONOSCO!

Grande abraço e até a próxima!

PREENCHA O FORMULÁRIO
Receba nossas dicas gratuitamente em seu email

raia1 piscinas

WhatsApp chat